09.Out.2012 Gramsci através das reixas (por Antom Santos)

Damos notícia da publicaçom, no portal galizalivre.org, do artigo “Gramsci através das reixas”, escrito por Antom Santos a partir da leitura das Cartas do cárcere, publicadas em galego por Estaleiro Editora em 2011.

No texto, o autor estabelece umha penetrante reflexom sobre os vínculos entre experiência carcerária, formaçom política e vontade militante. Cumpre lembrar, para melhor entender o sentido último do artigo, que Antom Santos, participante tamém no livro coletivo Por uma democracia radical,  está recluído no cárcere de Aranjuez na atualidade, à espera de juízo.

Num dos parágrafos introdutórios declara o seguinte:

A escolma atinge todo o periodo carcerário de Gramsi, desde a sua detençom em 1926 até a sua saída em liberdade com a saúde mui danada. Por estas páginas desfila o contorno mais cercano do sardo: a sua mulher Iulea (emigrada na URSS), os seus irmaos, ou a sua mae, além de outros personagens. De maneira mui lateral, o leitor pode reconstruir a história italiana dos anos de entre-guerras; com muita concreçom, pode relegar-se ao mais substancioso da filosofia política e vital, que transparece até nas cartas mais íntimas; e sobretodo, pode achegar-se com precisom à batalha surda que Gramsci livrou contra a cadeia, minimizando assi as taxas incuráveis produzidas polos longos isolamentos e as longas condenas. Cartas do cárcere é umha leitura aleccionadora e útil para qualquer preso político; e polo que tem de versom particular dumha questom universal -a sobrevivência digna em condiçons adversas- alumeará qualquer militantes em aspectos humanos que adoitamos esquecer.

Podes ler o artigo inteiro premendo AQUI.

Comentarios desactivados en Gramsci através das reixas (por Antom Santos)

Essentials

Meta

Pages

Categories